Cultura
Imprimir Partilhar

Inaugurada a exposição fotográfica de Ricardo Fonseca

O presidente da Câmara Municipal de Espinho inaugurou no passado sábado (7 julho) a exposição: "Arte Xávega - Fotografia de Ricardo Fonseca” que pode ser visitada na Galeria Amadeo de Sousa-Cardoso no Museu Municipal de Espinho.
Uma exposição que nas palavras de Pinto Moreira "enaltece e projeta os genes e a alma do povo vareiro, cuja coragem está ali tão bem retratada”.
A exposição de fotografia "Arte Xávega” resulta de um trabalho realizado por Ricardo Fonseca em 1973 para a participação no Salão Nacional de Fotografia da Cidade de Espinho organizado pela Comissão Municipal de Turismo. Trata-se de um conjunto de fotografias de rara beleza e de extraordinária importância para o estudo de um dos mais importantes patrimónios da cidade e do concelho de Espinho - a pesca de cerco e alar para terra ou "Arte”, tradicionalmente designada por "Arte Xávega”. Este espólio imagético realça todas as fases do trabalho da faina na nossa costa atlântica e o tipo social, muito peculiar, a ela associado, que tem na "Arte Grande” um meio natural para a sua sobrevivência.
As belíssimas fotografias de Ricardo Fonseca revelam pormenores do dia-a-dia das companhas de Espinho nos idos de 1973 onde podemos observar o trabalho dos homens de mar e dos homens de terra, as lotas e as macolas no areal, o alar das redes com parelhas de bois, numa sintonia perfeita entre o trabalho do pescador e do lavrador, as nossas varinas e um conjunto de traços, caraterísticas e costumes identitários da população piscatória de Espinho.
A inauguração contou com a animação do grupo de música e desfile das Festas de Nossa Senhora do Mar e com a presença do povo vareiro ligado ao núcleo piscatório de Espinho, incluindo elementos das Companhas de pesca e de muitas varinas.
Ler mais