Institucional
Imprimir Partilhar

Novo Centro Residencial, Empresarial e Turístico

Foi aprovada em reunião de Câmara a proposta de reconhecimento de empreendimento com interesse público e estratégico, a operação urbanística para o sul da cidade de Espinho composta por 4 parcelas distintas, destinadas à habitação, comércio e serviços.  

O empreendimento e toda a operação urbanística reconfigura toda a zona sul da cidade, dando continuidade ao ReCafe e já obteve pareceres favoráveis da Comissão de Coordenação da Região Norte, da Agência Portuguesa do Ambiente e da IP-Infraestruturas de Portugal.  

Apresentando-se como um empreendimento de impacto relevante na ocupação e requalificação do território, potenciando o desenvolvimento económico do concelho, a Câmara Municipal de Espinho considera o projeto apresentado por promotor privado uma iniciativa de interesse estratégico para o município.
Será agora objeto de discussão pública e posteriormente submetido à Assembleia Municipal.  

Trata-se de um empreendimento com áreas de impacto turístico que pode dinamizar um vazio urbano na zona sul da cidade, limite norte da atual zona industrial, entre as Ruas do Golf, Rua 43, Rua 20 e Ribeira de Silvalde.  

O projeto prevê um investimento de 70 milhões de euros e a criação de 132 postos de trabalho durante a execução e cerca de 150 postos de trabalho após a sua conclusão.
Ler mais