Obras
Imprimir Partilhar

Requalificação da rede de abastecimento da água nas áreas criticas

Tribunal de contas valida concurso municipal para a requalificação da rede de abastecimento de água
O concurso municipal para a requalificação da rede de abastecimento de água nas áreas criticas por lotes, foi validado pelo Tribunal de Contas.

No âmbito do aviso POSEUR-12-2018-18, foram candidatadas e aprovadas intervenções no Sistema de Distribuição e Adução de Água de Espinho com vista ao Controlo e Redução de Perdas.

Numa primeira fase, foram lançados a concurso dois lotes com o objetivo de requalificar a rede de abastecimento, através da substituição das condutas antigas em fibrocimento e os ramais por novas condutas em PEAD, nas seguintes zonas:
- Lote A - Zona 1 - Envolvente entre as ruas 7 e 15 e entre as ruas 20 e 8;
- Lote B - Zona 3 - Rua Santo António e Zona 4 - Conduta adutora e rede de abastecimento da zona da Cavada Velha.

Este concurso incluiu ainda um terceiro lote (Lote C - Criação de ZMC), importante para a modernização da gestão da rede de abastecimento, através do qual serão criadas 23 Zonas de Medição e Controlo ao longo de todo o Concelho, permitindo assim monitorizar a rede e combater ativamente as fugas de águas.

Os contratos dos três lotes foram já visados pelo Tribunal de Contas, prevendo-se que os lotes B e C avancem já em meados do mês de maio de 2020, desenvolvendo-se durante quatro e sete meses, respetivamente.

O lote A será iniciado posteriormente, prevendo-se o seu início em setembro de 2020, desenvolvendo-se durante seis meses.

Este conjunto de intervenções pressupõe um investimento total de 985 mil euros com comparticipação de cerca de 40% por fundos comunitários.

Ainda no âmbito da mesma candidatura e em conjunto com outra candidatura de mobilidade urbana, foi a concurso a intervenção na rua 19 nascente que engloba a reconfiguração do perfil da rua, cria canais de mobilidade para velocípedes e substitui as redes de abastecimento e drenagem, desde da rua 22 até à rotunda da Congosta, encontrando-se em fase final do processo de contratação.

Recentemente foi ainda aprovada a candidatura à requalificação da rua 19 pedonal cuja intervenção englobará a substituição das redes de abastecimento e drenagem, assim como a renovação do piso, mobiliário, iluminação e vegetação da rua, sempre no intuito de manter a traça atual.

Encontram-se ainda em processo de contratação as empreitadas da rua 20 e da rua 33 poente que terão o mesmo tipo de intervenção da rua 19 nascente.

Com os investimentos referidos, a Câmara Municipal de Espinho encontra-se a desenvolver faseadamente as intervenções de reabilitação da rede de abastecimento, levando à concretização do plano de investimentos apresentado ao público no início de 2019.

A reabilitação prosseguirá com a substituição das restantes condutas e a reabilitação dos reservatórios, prevendo-se concluir a reabilitação em cerca de 5 anos.


Ler mais